Aprovar o Projeto de Lei 6.840/2013 no lugar da MP do golpe no ensino médio

O governo golpista publicou a medida provisória do golpe no ensino médio e o que apareceu foi algo muito pior do que imaginávamos. Ela representa um imenso retrocesso na qualidade e no conteúdo do ensino, uma grave ameaça ao nosso futuro enquanto nação soberana e justa.

Mas há um projeto de lei em tramitação que está ao nosso favor na luta pela derrota da medida provisória do golpe. O projeto tramita desde 2013 e está pronto para ir a plenário conforme pode ser visto na página da comissão. O presidente da comissão e responsável pela qualidade do projeto é o Deputado Federal Reginaldo Lopes, candidato a prefeito em Belo Horizonte.

Temos que lutar para que a Câmara rejeite a MP do golpe e, no seu lugar, aprove o PL 6.840/2013. Afinal de contas, o PL 6.840/2013 tramita há muito tempo e foi bastante discutido, de forma democrática e representa um grande avanço no ensino médio. Até a Folha de São Paulo chegou a opinar, em editorial, que o PL pode ajudar a reduzir a evasão escolar.

Pelo menos para uma coisa a MP do golpe no ensino médio serviu, pois é impressionante que, em pleno 2016, ainda se discuta no Brasil a grade curricular do ensino médio. O Brasil está muito atrasado nessa questão. A Alemanha há mais de 100 anos reformulou seu ensino, nos países mais avançados da Europa e nos EUA o ensino médio é obrigatório enquanto por aqui só o fundamental é obrigatório. Não será o governo golpista ou, para quaisquer efeitos, um governo de direita, que mudará para melhor o ensino no Brasil.

Esse golpe no ensino médio, através da MP do governo ilegítimo, visa tão somente a reduzir os custos do ensino. Por isso provavelmente ganhará o apoio de uma parcela expressiva dos governadores, pois são os estados os responsáveis constitucionais pelo ensino médio. O apoio das escolas privadas é óbvio, pois ao reduzir a quantidade e a obrigatoriedade de matérias permite a redução do número de professores. Para a iniciativa privada folha salarial menor significa lucro maior.

Do ponto de vista político-ideológico a MP do golpe no ensino médio perpetua o atraso e a baixa qualificação do povo brasileiro. A exclusão de disciplinas, como demonstro neste artigo, formará uma legião de brasileiros incapazes de compreender a sua realidade e, principalmente, incapazes de mudar a sua realidade. Se a MP do golpe for vitoriosa o brasileiro médio será um analfabeto funcional, apto a ler mas incapaz de interpretar o que está escrito, ignorante da sua história e do seu papel no mundo. Para o grande capital a MP do ensino médio se presta a formar uma mão de obra barata e obtusa, de acordo com a visão que essa gente tem para o Brasil, um eterno fornecedor de matérias primas e de mão de obra baratas.

Temos que lutar com todas as nossas forças para derrotar a MP do golpe no ensino médio e para aprovar o PL 6.840/2013 no seu lugar. Veja bem, o PL está pronto para ir a plenário, basta colocar na pauta de votação. Temos que fazer muita pressão nos deputados e usar todos os nossos instrumentos de agitação e propaganda para votar o PL 6.840/2013 e rejeitar a MP do golpe.

 Projeto de Lei 6.840/2013 de reformulação do ensino médio

 Governo golpista mente sobre a reforma do ensino médio

Deixe uma resposta